PENETRAÇÃO DE ÍONS CLORETOS EM MATERIAIS CIMENTÍCIOS GERADA PELA AÇÃO DO AEROSSOL MARINHO EM NATAL/RN.

Hugo Mozer Barros Eustáquio, Alexs Melo dos Santos

Resumo


As estruturas localizadas em regiões marítimas sofrem constantemente ataques por agentes agressivos, sendo os íons cloretos os causadores dos maiores danos quando atingem níveis elevados. A ação do íon cloreto em conjunto com as características climatológicas, podem vir a causar danos irreversíveis a uma estrutura de concreto armado. O principal objetivo deste estudo é avaliar a interação da ação de cloretos nas estruturas de argamassas situadas na cidade de Natal/RN. Para fundamentar a pesquisa, foram realizados ensaios químicos para determinar a profundidade de penetração dos cloretos em corpos de provas de argamassa, através da aspersão de solução de nitrato de prata. Obteve-se resultados satisfatórios com o método colorimétrico, havendo um aumento gradual do teor de cloretos a medida que se aproxima do mar.

Palavras-chave


Íons cloretos. Agentes agressivos. Corrosão.

Texto completo:

PDF

Referências


ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. NBR 6118: Projeto de estruturas de concreto – Procedimento. Rio de Janeiro, 2014.

______. NBR 12655: Concreto de cimento Portland — Preparo, controle, recebimento e aceitação — Procedimento. 3. ed. Rio de Janeiro, 2015.

ANDRADE, M. C. Manual para diagnóstico de obras deterioradas por corrosão de armaduras. Trad. Antônio Carmona e Paulo Helene. São Paulo: Pini, 1992.

BLANCHARD, D. C.; CIPRIANO, R. J. The vertical distribution of the concentration of sea salt in the marine atmosphere near Hawaii. Tellus, v. 36B, p. 118-125, 1984.

CASCUDO, O. Controle da corrosão de armaduras em concreto – Inspeção e Técnicas eletroquímicas. São Paulo: Pini, 1998.

COSTA, Eduardo Antônio Lima. Determinação do potencial de agressão dos sais marinhos sobre as argamassas de revestimento na região metropolitana de Salvador. 2001. 135 f. Tese (Doutorado) - Curso de Engenharia Civil, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2001.

DIN-4030 Part. 1 (1991). Assessment of water, soil and gases for their aggressiveness to concrete: principles and limiting values.

FITZGERALD, J. W. Marine aerosols: a review. Atmospheric Environment, v. 25A, n. 3/4, p. 533-545, 1991.

FIGUEIREDO, Jonilson de Souza. Recursos hídricos – semarh instituto de desenvolvimento sustentável e meio ambiente do rio grande do norte – IDEMA-RN. 2008. Disponível em: . Acesso em: 20 nov. 2017.

GARCIA, R.B. Avaliação da Atmosfera marinha em estruturas de concreto na região de Florianópolis–SC. Mestrado em Engenharia Civil. Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, 2008.

HELENE, P. R. L. Corrosão em armaduras para concreto armado. São Paulo:

Pini. Instituto de Pesquisas Tecnológicas, 1986.

MEHTA, P. K.; MONTEIRO, P. J. M. Concreto: Microestrutura, propriedades e materiais. 2. ed. São Paulo: Nicole Pagan Hasparyk, 2014. 742 p. DEUTSCHES INSTITUT FUR NORMUNG.

MEIRA, G.R. Agressividade por cloretos em zona de atmosfera marinha frente ao problema da corrosão em estruturas de concreto. Doutorado em Engenharia Civil. Florianópolis: Universidade Federal de Santa Catarina, 2004.

MEIRA et al. Deposição de cloretos em zona de atmosfera marinha: comportamento sazonal e sua relação com estruturas de concreto. Trabalho apresentado no XI Encontro Nacional de Tecnologia no Ambiente Construído p. 3020 – 3028. Florianópolis, 2006.

MORCILLO, M.; CHICO, B.; MARIACA, L.; OTERO, E. Salinity in marine atmospheric corrosion: its dependence on the wind regime existing in the site. Corrosion Science, n. 42, p. 91-104, 2000.

MOTA, A. C. M. (2011), Avaliação da presença de cloretos livres em argamassas através do método colorimétrico de aspersão da solução de nitrato de prata. Dissertação (mestrado). Escola Politécnica da Universidade de Pernambuco, Recife, Brasil.

PAGE, C. L. et al. Diffusion of chloride ions in hardened cement pastes. Cement and concrete research. V. 11, p. 395-406, 1981.

PETELSKI, Tomasz. Marine aerosol fluxes over open sea calculated from vertical concentration gradients. Journal Aerosol, 2002.

PONTES, Ronaldo Bezerra. Disseminação de íons cloreto na orla marítima do bairro de boa viagem, recife-pe. 2006. 123 f. Dissertação (Mestrado) - Curso de Engenharia Civil, Universidade Católica de Pernambuco, Recife, 2006.

ROMANO, Fátima Sequeira. Estudo do ingresso de cloretos em concretos localizados no litoral norte do rio grande do sul. 2009. 153 f. Dissertação (Mestrado) - Curso de Engenharia Civil, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2009.

SILVA, Fernanda Giannotti da. Estudo de concretos de alto desempenho frente à ação de cloretos.2006. 236 f. Teses (Doutorado) - Curso de Engenharia dos Materiais, Universidade de São Paulo, São Carlos, 2006.

SILVA, Edvaldo Pereira da. Avaliação do potencial de corrosão de concretos estruturais produzidos segundo as prescrições da nbr 6118, submetido a ensaio de corrosão acelerado. 2010. 54 f. Monografia (Especialização) - Curso de Engenharia Civil, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2010.

SILVA, Felipe Alisson de Sousa e. Avaliação do teor de íons cloreto no ar atmosférico da praia do futuro em fortaleza/ce. 2011. 71 f. Monografias (Especialização) - Curso de Engenharia Civil, Departamento de Engenharia Estrutural e Construção Civil, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2011.

SOUZA, Karen Nunes de. Estudo experimental e probabilístico da vida útil de estruturas de concreto armado situadas em ambiente marítimo: influência do grau de saturação do concreto sobre a difusividade de cloretos. 2005. 190 f. Dissertação (Mestrado) - Curso de Engenharia Oceânica, Universidade Federal do Rio Grande, Rio Grande, 2005.

VITALI, Maria Rosane Vilpert. Efeito do distanciamento ao mar da contaminação do concreto por cloretos. 2013. 208 f. Dissertação (Mestrado) - Curso de Engenharia Civil, Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, 2013.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Carpe Diem: Revista Cultural e Científica do UNIFACEX ISSN 1518-5184 (Impressa) ISSN 2237-8685 (Online)  UNIFACEX- Centro Universitário FACEX Rua Orlando Silva, 2897 Capim Macio - Natal/RN - CEP: 59080-020